Vacinas ajudam a evitar problemas respiratórios em crianças

Consideradas agravantes em caso de infecção do coronavírus, muitas doenças respiratórias podem ser evitadas com a vacinação

A presença de doenças no sistema respiratório é um dos fatores agravantes da infecção pelo novo coronavírus. Porém, existem vacinas disponíveis para algumas doenças muito comuns como pneumonias, otites e meningites e que devem ser dadas para crianças pequenas. “Manter a caderneta de vacinação em dia é ainda mais importante em momentos como este, já que algumas são capazes de prevenir cerca de 90% da ocorrência destas doenças”, explica a enfermeira da Imunoclin, Evelyn Machado. A enfermeira também lembra que adultos precisam conferir sua caderneta, já que algumas vacinas precisam de reforço periódico.

Dentre as opções disponíveis estão a vacina Pneumocócica 13, que previne em torno de 90% das pneumonias, otites e meningites em crianças, causadas por 13 sorotipos (tipos) de pneumococos, geralmente utilizada a partir de 2 meses, e a vacina Pneumocócica 23, indicada a partir de 2 anos para crianças, adolescentes e adultos que tenham alguma doença de base como diabetes, doença cardíaca e respiratória que possam aumentar o risco para doença pneumocócica. Já em pessoas a partir de 60 anos é rotina utilizar a Pneumocócica 23. Outras vacinas também previnem contra doenças respiratórias, como a tríplice viral, (sarampo, caxumba, rúbeola), pois o vírus do sarampo pode causar pneumonia; dTpa (difteria, tétano, coqueluche) onde as bactérias destas doenças comprometem o sistema respiratório quando em atividade.

No entanto, a enfermeira ressalta que é preciso estar bem de saúde para tomar qualquer tipo de vacina. “Não recomendamos a aplicação de pessoas que estejam com qualquer sintoma respiratório ou febre, ou até mesmo que tenha tido contato com alguém com estes sintomas”, alerta Evenlyn. Ela lembra também que é sempre importante consultar o seu médico para verificar indicações.


Deixe um comentário

* Nome:
* E-mail:
   Website:
* Comentário: